Chalé Nativo, localizado em Conceição de Ibitipoca -MG é um aconchegante conjunto de cinco chalés, com estacionamento e salão para café da manhã. Gerenciado por Honório e Geni (sua esposa) nativos da vila, são eles quem recebem os hóspedes com carisma do povo da terra. Geni prepara todo o café da manhã com todo sabor da culinária local, prepara pães de queijo, variedade de bolos e o famoso pão de canela de Ibitipoca.

 

 

Parque Estadual do Ibitipoca

 

O Parque Estadual do Ibitipoca está localizado na Zona da Mata, nos municípios de Lima Duarte e Santa Rita do Ibitipoca. Ocupa o alto da Serra do Ibitipoca, uma extensão da Serra da Mantiqueira.Com uma área de 1.488 hectares, a unidade de conservação está no local onde se dividem as bacias do Rio Grande e do Rio Paraíba do Sul.

Foi criado em 4 de julho de 1973, pela Lei nº 6.126 (.pdf - 46Kb). ‘Ibitipoca’, palavra tupi-guarani, significa "Serra Fendida". É o Parque mais visitado do Estado, um dos mais conhecidos do Brasil e a principal atração da região.

Patrimônio natural

A Ponte de Pedra, a Janela do Céu, a Gruta dos Três Arcos e o Pico do Pião são apenas alguns dos atrativos de Ibitipoca que abriga ainda mirantes, grutas, praias, piscina natural, cachoeiras, picos e as belas cachoeiras e piscinas naturais formadas pelos Rios do Salto e Vermelho e o Córrego do Monjolinho. O pico da Lambada, também conhecido como Ibitipoca, com 1.784 metros de altitude, oferece uma vista panorâmica inigualável.

A fauna é rica, com a presença de espécies ameaçadas de extinção, como a onça parda, o lobo guará e o primata guigó. Aparecem também os macacos barbado, sauá (sagui), o papagaio do peito roxo, o coati, o andorinhão-de-coleira falha, entre outros. Dentre os anfíbios encontra-se uma espécie de perereca, a "Hyla de Ibitipoca", que foi identificada pela primeira vez na região.

Diversas espécies da flora são encontradas na unidade de conservação como orquídeas, bromélias, candeias, líquens e samambaias. Um traço marcante da vegetação no Ibitipoca são as "barbas-de-velho", uma espécie de líquen verde-água, que pende dos galhos das árvores, provocando um belo efeito visual. Os campos rupestres constituem uma grande extensão de vegetação do Parque.

Infra-estrutura

As edificações do Parque Estadual de Ibitipoca passaram por recente reforma e novas instalações melhoraram ainda mais a infra-estrutura de apoio a visitantes e pesquisadores.O Parque possui portaria, estacionamento, área de camping, restaurante, Centros de Visitantes, de Administração e de Pesquisas, casa de hóspedes e alojamentos destinados a pesquisadores e funcionários. As obras foram realizadas com recursos do Projeto de Proteção da Mata Atlântica de Minas Gerais (Promata/MG) que investiu cerca de R$ 2 milhões.

Visitação

Todos os dias do ano, excetuando as segundas-feiras desde que estas não sejam em Feriados e em período de férias escolares, abrindo as 07h00min com término de visitação às 18h00min.
 
Fonte:http://www.ief.mg.gov.br/component/content/192?task=view em 03/08/2014
Conceição de Ibitipoca
 

Localizada na zona da mata mineira, Conceição do Ibitipoca é distrito do município de Lima Duarte-MG, distante 3Km da portaria do Parque Estadual do Ibitipoca. Povo hospitaleiro, o arraial é famoso pelo Parque, culinária local com seu famoso pão de canela e o uso de fogão a lenha em vários restaurantes, além de grandes eventos como o Ibitijazz, Ibitipoca Off Road e o Ibitiblues.

 

Como chegar: Seguir em direção a Juiz de Fora pela BR-040 e entrar no trevo de acesso à BR267, prosseguindo em direção a Lima Duarte. Para chegar ao Distrito de Conceição de Ibitipoca são mais 27Km de estrada de chão